Mapa do Site Contato
      Início
    Quem somos
    Assessoria jurídica
      Prestação de contas
    Legislação
  Editais e convocatórias
     Congressos
     Como Aposentar
     Tabelas
     Remuneratórias
     Filie-se ao Sintsep-GO
     Notícias
     Jornal
     Eleições
     TV Sintsep-GO
     Galeria de fotos
     Base sindical
     Espaço do Interior
     Formulários
     Mapa do site
     Contato
Tamanho da letra  Tamanho normalTamanho medioTamanho grande
Você está em: Notícias
10/05/2018 - Ebserh: Empregados ameaam paralisar atividades por ACT 2018/2019

Empresa havia se comprometido a apresentar no dia 4 proposta de percentual para cláusula econômica do ACT 2018/2019. Análise de reajuste do ACT 2017/2018 ainda aguarda julgamento de dissídio no TST

Empregados da Ebserh esperam, mobilizados, uma proposta formal da empresa de percentual para cláusula econômica do ACT 2018/2019 da categoria. Nessa quarta-feira, 9, a Condsef/Fenadsef e comissão dos empregados voltaram à empresa para buscar retorno sobre o tema já que desde o dia 4 o compromisso da Ebserh era apresentar percentual para que a categoria analisasse; o que não aconteceu. De acordo com a empresa, a Sest, secretaria ligada ao Ministério do Planejamento, agendou uma reunião com a Ebserh no dia 15 para apresentar proposta. A empresa agendou para o dia 17 uma reunião com representantes da categoria para informar a decisão. A categoria aguarda apreensiva e não descarta uma paralisação de atividades caso o impasse permaneça. Vale lembrar que o percentual referente ao ACT 2017/2018 dos empregados ainda aguarda julgamento de dissídio no Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Os empregados não entendem as razões da empresa de não cumprir o compromisso de apresentar a proposta de reajuste do ACT. O aditivo que prorrogou as cláusulas do último ACT expira no dia 31 desse mês e a categoria está sem disposição para que se prorrogue esse prazo. Uma possível greve é discutida justamente a partir das experiências negativas dos processos passados. “Se até o dia 17 não houver proposta consistente os empregados podem bater martelo para um movimento paredista legítimo”, avalia o secretário-geral da Condsef/Fenadsef, Sérgio Ronaldo da Silva. “Esperamos que a proposta seja apresentada, remetida a assembleias, e o impasse se resolva”.

Já as cláusulas sociais tiveram avanços considerados positivos. Além da manutenção das cláusulas existentes, houve garantia de outras reivindicações e a empresa disse que existe chance de assegurar intervalo menor de almoço opcional para quem trabalha na area administrativa. Esses são considerados pontos positivos no processo, mas é fundamental que se apresente proposta para cláusula econômica. A categoria espera ainda que o TST coloque em pauta o dissídio do ACT passado ratificando os 4,5% retroativos a 1º de março de 2017.

Os empregados da Ebserh devem permanecer mobilizados em todo o Brasil. A expectativa, portanto, é de que no próximo dia 17 a empresa formalize a proposta de percentual para o ACT 2018/2019.

Com informações da Condsef



<< Voltar
 
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
*Copyright © 2008 - 2018 SINTSEP-GO. Todos os direitos autorais reservados a RD Soluções. | BIS host